Páginas

dezembro 04, 2009

Filhos adoecidos, maes compadecidas….



Nao sei se o termo e’ bem este, mas basta nossos pimpolhos terem um olharzinho de dodoi que ficamos rapidamente chateadas. Claro! que seja na gente, mas em nossas crias não. Pois foi assim que aconteceu estes dias, comigo e com minha comadre, esta mesma que esta sempre dividindo comigo “quase” tudo, também criadora deste blog, mãe, amiga, tão amiga que ate na hora da doença fica doente, rs. Não esta entendendo nada?!, vou explicar... Na segunda feira acordei com um mal estar e resumindo para não ficar muito longo, estava com virose, não passou nem algumas horas para perceber que meu filho estava também.....ah! não, nele não.....mas foi, passamos o dia ruins e sem a menor condição de ficarmos de pe’. No dia seguinte falei com minha comadre e para minha surpresa estava ela e o filhote mais novo, meu “dindo” João, com gripe, ele piorzinho claro, com febrinha, enfim ficamos nos falando por telefone, pois nem ela queria pegar virose e nem nos que já não estávamos la estas coisas, queríamos pegar gripe.

A grande verdade e’ que não importa o que aconteça, mas que não afete nossos filhos, não agüentamos, queremos e sofremos junto com eles, não da pra suportar aquela carinha de dor, febre, mal estar. Não importa o que digam, lógico ajuda bastante o carinho que nos e’ dado, aquele “se precisar de alguma coisa”, sempre e’ bem vindo, pois o que mais queremos e’ saber que não estamos sozinhas, que podemos contar com qualquer um que nos de a mao, isso já ‘e uma grande ajuda. So que queremos mesmo, e’ nossa criança feliz, aprontando todas e nos deixando de cabelos em pe. Isso sim, e’ trabalhoso, e’ cansativo, mas muito gratificante. Ver aqueles rostinhos cheio de alegria e descobertas novas, não e’ propaganda, mas não tem preço.

Passados alguns dias, horas, remédios, sonos....melhoramos e eles também, sim, o João e’ o que ainda esta sofrendo um pouco mais, coitadinho, a minha comadre ainda esta se recuperando de uma forte gripe e sofrendo também....Infelizmente e felizmente faz parte do “SER” mãe, desta divindade de sermos responsáveis por seres tão indefesos, tão dependentes e que nós, indiscutivelmente, amamos acima de tudo e de todos. Que seja dado a nos MAES, muita forca, muita saúde, para podermos cuidar e zelar os nossos. Que possamos dar muito amor, carinho e muitos colinhos, porque tem coisa melhor que colinho de mãe?

Bons fluidos, uma conversinha com o pediatra, chazinho para as mamães se acalmarem, crianças medicadas e tudo vai dar certo! Comadre forca que tu consegue. Vamos nos preparar para brincarmos juntos e seguir em frente.


Um grande beijo

 Texto de Andrea


Fotos: http://asasnegras.blogs.sapo.pt/arquivo/quadro_mae_e_filho5.jpg e http://bluebirdnotes.blogspot.com/ 



4 comentários:

Janaína (Abacate) disse...

Você não existe!!!
Por isso que somos REcomadres, pq vc é menor que seu coração!!!

Amo vcs e muuuuito obrigada pela força!!!


JANA

Luciana Casado disse...

Nem depois de grandes e casadas dá para dispensar um colinho de mãe, principalmente qdo estamos doentes! hehehehe
Força, Jana!!!
Bjus, Lu

Cristina João disse...

Oi meninas,
Cumadi que adoece junto, fica boa junto!
Sabe o que é pior nisso tudo? Estar tão longe de você irmã.
Se tem uma coisa de errado com seu marido é essa,ele não tinha nada que tirar você de Santos. Ficamos eu e a mãe aqui com o coração apertadinho por não poder fazer nada pra ajudar! (desculpe o desabafo)
Ainda bem que virose dá e passa né??
Beijos,
Cris João.

Doces Abobrinhas da Roberta disse...

é .... vida de mãe!! tenho 2 filhotes e ja passei algumas noites, meses, acho, rs! em claro! mas o amor supera! um beijo doce e apareça nas abobrinhas!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails