Páginas

dezembro 07, 2009

Cris e "Vô e Vó são pra estragar!"






Que atire a primeira pedra quem nunca ficou furiosa com o “deixa tudo” da mãe ou da sogra! Elas nos desautorizam sem a menor cerimônia, nos fazem fazer papel de palhaças diante de nossos rebentos. São loucas, apaixonadas, desenfreadas e até desequilibradas, sem noção mesmo! Mas imaginem, ser mãe é tudo de bom né? E então ser mãe da mãe ou mãe do pai!! Imaginou? Agora soma a experiência de vida delas (que acham que sabem tudo, e quase sempre sabem mesmo), mais um amor sem medidas, desequilibrado, sem compromisso com a educação e só de visita. Só podia dar nessa combinação perfeita: uma coisa fofa, tão doce que se a gente apertar demais cai até açúcar, tão terna, tão sábia e com uma casa em que se pode tudo, tudo mesmo. Lá vale sobremesa fora de hora, se empapuçar de guloseimas, brincar na chuva mesmo com tosse, só comer coisas gostosas e só parar quando não agüentar mais!! E isso vale pra qualquer avó, pode ser materna, paterna, emprestada, vódrasta, vó rica, vó pobre, vó preta, vó branca, vó é tudo igual. Podiam inventar vó de aluguel também!

Pára tudo e responde rápido: Vó não tem cheiro de bolo quente, fofinho que acabou de sair?? Vó não tem o colo mais fofo do mundo? (parece que vem com almofadinha). Vó não descobre sempre aquilo que a gente mais queria e torna realidade? Vó não tem a pele macia e gostosa? Vó é tudo de bom, então deixa elas estragarem nossos filhos, fazerem aquilo que a gente queria fazer mas o bom senso breca.Afinal Vó e Vô são mesmo pra estragar as crianças os pais é que tem que educá-las (Isso vinha no manual, página 67, lembra?)


Ah e o Vô? Esse é uma vó com um pouco, mas bem pouco, mais de bom senso, esse cara merece um capítulo à parte.


Lembrem-se: deixem as avós estragarem nossos filhos e um dia vai chegar a nossa vez!!

Beijos,


Cristina João


Foto:http://mblunck.spaces.live.com/blog/cns!6A477FF897E96074!5293.entry

3 comentários:

Janaína (Abacate) disse...

Cris, eu tenho vontade de ralar a cara no asfalto quente, quando minha sogra ou minha mãe contrariam minhas ordens... Aí lembro da minha vó Dadá, sinto o cheiro dela em cada lembrança...
E me acalmo!
Pudera todo mundo ter a vó por perto...
Tem estudos que dizem que esse amor de vó faz bem ao indivíduo... Ôh se faz! E eu nem estudei a respeito...!

Amei o post!
Bjo

Cristina João disse...

Oi,
Vou contar um segredo: Eu e a Andrews não tivemos uma avó assim (entendeu agora pra que serviria uma vó de aluguel?), mas é assim que é a nossa Mãe, e a sogra da Andrews (que eu adotei como sogra, já que não tenho uma), e é assim que é a nossa tia Bê (irmã da nossa mãe e meu Anjo da Guarda),e é assim que acho que são todas as Vovós e é assim que eu quero ser quando eu crescer!
Beijos,
Cris João.

Duchess of Tea disse...

Darling you have a lovely blog.

Love & hugs
Duchess

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails