Páginas

fevereiro 03, 2010

Depressão Infantil...

 O papo é sério, e infelizmente não é um problema só de gente grande. Segundo os especialistas, estima-se que 10% das crianças tenham algum sintoma do mal em algum momento da vida. No corre-corre do dia a dia, às vezes não nos damos conta ou atribuímos alguns sintomas à personalidade tímida da criança. Eles alertam para alguns pontos que devem ser sempre observados por pais e educadores:

De acordo com a “American Psychiatric Association”, um episódio de depressão é indicado pela presença de 5 ou mais dos seguintes sintomas, quase todos os dias, por um período de pelo menos duas semanas:


• Estado de espírito depressivo durante a maior parte do dia;

• Interesse ou prazer pela maioria das atividades claramente diminuídos;


• Diminuição do apetite, perda ou ganho significativo de peso na ausência de regime alimentar (geralmente, uma variação de pelo menos 5% do peso corpóreo);


• Insônia ou hipersônia;


• Agitação psicomotora ou apatia;


• Fadiga ou perda de energia;


• Sentimento exagerado de culpa ou de inutilidade;


• Diminuição da capacidade de concentração e de pensar com clareza;


• Pensamentos recorrentes de morte, ideação suicida ou qualquer tentativa de atentar contra a própria vida.


Na ânsia de tornar nossos pequenos saudáveis e plenos às vezes exageramos na agenda dos pequenos: é natação, ballet, judô, futebol, inglês, computador, escola, jazz, patinação, ginástica olímpica, francês, espanhol, alemão, ufa! Gente assim não sobra tempo pra brincar e pra ser criança! Isso sem dizer naqueles pais que não respeitam os limite de seus filhotes e insistem em que seu pequeno seja um César Cielo ou um Ronaldo, ou ainda que sua princesa seja a próxima Gisele Büdchen, gente pára tudo né. Seria ótimo que fenômenos brotassem ou nascessem na marra, mas na prática não é bem assim. É claro que eles devem fazer cursos extras, aprender é indispensável e praticar esportes é de extrema importância para uma vida saudável, mas brincar é fundamental e cada um tem seu tempo que deve ser respeitado! Há ainda aquelas crianças que são realmente tímidas e não gostam de determinadas atividades... Cada um é de um jeito!


Fiquem de olho, criança precisa de amor exagerado, carinho sem limites e brincar muito, o resto, é resto e com muita moderação. Os pimpolhos devem crescer livres pra brincar e poder experimentar para fazer suas escolhas, afinal a infância passa logo e agenda lotada a gente guarda mais pra frente que aí não tem mais jeito mesmo!


É isso aí, é desse jeito leve que venho criando meus filhotes, eles fizeram futebol e desistiram quando perceberam que não tinham o menor talento com a pelota, já passaram pelo judô, pela natação, pelo kumô, curso de modelo (era segredo) e agora estão na fase da guitarra! Tudo sempre com apoio e respeito ao tempo deles e sem sobrecarregar a agenda que já conta com a escola, o inglês e chega! O resto do tempo eles tem que dividir entre vídeo-games, computador, cinema, parques, passeios, amigos e brincar muito! Disso eu não abro mão!



Beijocas,


Cris João

Fotos:http://www.aceav.pt/blogs/Adolescencia/Lists/Fotografias/depress%C3%A3o%20infantil.jpg,


http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/depressao7.jpg,

http://3.bp.blogspot.com/_m5nvFyh68bE/SxLYpwTDxaI/AAAAAAAAAzU/SxejfS29dRg/s1600/987bc6b1327c057a0aa956eb44cbf4fc56403570.jpeg

6 comentários:

Luciana Casado disse...

Essa é um problema muito sério mesmo! Mas com certeza enchendo as crianças de atividade não é a solução, concordo que elas devem ter o seu tempo de brincar e serem crianças!!
Bjus, Lu

c r i s disse...

Oláaa!! Brincar é tudo de bom, não é mesmo? Minha filha vai fazer 13 anos em março e ainda brinca de boneca (bebê), barbie, escritório, modelo, etc... claro que as meninas que topam brincar nesta fase são poucas, mas e daí? O importante é ser feliz!! Lá na frente tem tempo! Bjo!!

Mami canguru disse...

adorei o cantinho de vcs, meninas! vou linkar! bjssss

Thaís Gouvêa disse...

Oi Cris! Adorei o seu coment!rs
Não sabia que aquele coment tinha repercutido e achei um abuso a fulana querer ditar regras no blog alheio.
Tô fuçando o seu blog todo e tô adorando!
Ainda não tenho filhos, mas já sou madrinha de 5 e acabei de me formar em letras, então adoro aprender mais!
Bjuuuuus

Dedinhos Lambuzados ! disse...

Sabe que é verdade verdadeiríssima ! Trabalho com Artes e Música e vivemos uma saia justa danada; tem pais que vem procurar o ateliê para colocar os filhos TODOS os dias ( e muitos querem saber se podem pegar a garotada lá pela 19 hs, quando o horário é 17:30 h !!!) - nem nós estamos lá todos os dias !!!- e quando falamos que o nosso objetivo é que as crianças tenham um tempo para brincar criativamente, inventando, trocando idéias, convivendo com outras pessoas ( e crianças), descobrindo e compartilhando as suas descobertas, muitos se surpreendem e dizem :" mas vocês não ensinam nada ???" Por outro lado a garotada se esbalda e muitos revelam que adoram o ateliê porque "podem brincar e fazer um monte de coisa que os pais não deixam !!!" Tem que haver durante o dia - e todos os dias - um tempo para ser criança , e ser feliz, livre, dar risada, molhar o chão, fazer uma sujeira e uma bagunça... "não há nada que um pouco de água e sabão não limpe !"dizia minha avó.
Espero que muitos pais leiam os seus posts- são fantásticos !!! Bjs carinhosos, Mammy

Carol disse...

É um alerta super considerável. Tem mamães que nem percebem tal situação, principalmente as que trabalham muito, estudam, fazem milhoes de coisas...Valeu o aviso! Super importante!
Bjos.
Carol (Clube Sapeca)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails