Páginas

fevereiro 02, 2010

Cada um é cada um e...

... cada um no seu quadrado!! Já disse o poeta!!

Gente tudo bem que somos todas mamíferas por natureza, e que a natureza na maioria das vezes, exerce na maioria das mulheres, o latente desejo de ser mães. Mas há aquelas mulheres que resolvem não serem mães e nem por isso são menos mulheres, ok?


Gente, tudo bem que a natureza nos permite que tenhamos nossos filhos de forma natural (parto normal), há aquelas que optam por partos de cócoras e há ainda aquelas que optam pela cesariana. E tudo bem ninguém é mais ou menos mãe por causa disso, ok?


Gente tudo bem que o aleitamento materno é, segundo os especialistas, indispensável para o bebê nos primeiros 6 meses de vida pois é completo, aumenta a imunidade do bebê e ainda fortalece e estreita o vínculo afetivo entre mães e filhos, eu também acredito nisso e amamentei meus filhos ( o Matheus por 9 meses e o Marcus por 10 meses), me preparei durante as gestações para isso e era uma verdadeira vaca-leiteira, tinha verdadeiro prazer nisso, mas tem aquelas mulheres que não podem ou não desejam amamentar seus filhos e ainda tem os filhos que têm intolerância à lactose e ainda os bebês que são adotados e não têm aleitamento materno e nem por isso são menos mães ou amam menos seus filhos e tão pouco são crianças mais fracas, ok? (Falo com a propriedade de conviver com crianças que foram adotadas por amigas, e ainda com amigas que não quiseram amamentar seus filhotes e também com amigas que não puderam amamentar seus filhotes por causa da tal intolerância).

Gente, o que é certo pra mim e pros meus filhos é uma responsabilidade minha. Mesmo que estudos digam que estamos no caminho certo, não podemos e nem devemos julgar aquelas que resolveram seguir por outros caminhos, no máximo podemos expor nossas opiniões, apresentá-las ao que nos tornou tão convicta de determinadas atitudes, mas é só.


Desculpem a franqueza, mas, na minha opinião, olhamos demais para a vida dos outros e por vezes nos esquecemos de olhar para nossa! Não podemos ensinar aos nossos filhos os princípios básicos de respeito ao próximo se não respeitamos as escolhas dos outros ou se estamos a todo tempo, julgando os outros. Cada um tem o direito de fazer suas escolhas!

Vivemos livres e deveríamos agir livremente também nos pensamentos!

 Beijocas,


Cris João



Fotos: http://d.yimg.com/gg/u/55c95a96b29f0537a46e5d80cedbe87d64d53f3f.jpeg, http://veja.abril.com.br/imagem/macaco-afp-620.jpg




3 comentários:

Luciana Casado disse...

Post maravilhoso!! Falou e disse!!
Já te falei que sou tua fã? ;)
Bjus, Lu

c r i s disse...

Post Perfeito Cris, falou e disse... melhor cada tatu cheirar o seu... Bjo querida!!

Dedinhos Lambuzados ! disse...

Concordo e assino em baixo ! Como convivo com mães e filhos, e mães sem filhos, e filhos sem mães( entenda bem:naturais - tem filho do pai, da tia ,da mãe do coração e outras como eu que fui filha dos meus avós e da bisavó -maravilha- por circunstâncias outras... nada a criticar a minha mammy !!!). Cada um é responsável por suas escolhas...e às vezes não foram escolhas "escolhidas" foram escolhas "obrigadas", e é só isto !
Uma criança amada, desejada, respeitada é uma criança feliz - independente de qualquer coisa - e é isto o que realmente importa !!!- ela será capaz de superar barreiras enormes, escalar cumes imensos... Minha avó dizia que cada um deveria ver se o seu umbigo está limpo antes de rir do umbigo do vizinho...! Os "Dedinhos..." estão com saudades das recomadres , quando puderem passar por lá...Bjs carinhosos, Mammy

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails