Páginas

abril 29, 2010

Silêncio...



Ah, o silêncio!! Ás vezes tão raro, outras vezes tão dolorido, em outras, necessário e absoluto, mas nem sempre tão inocente... leia com atenção esta historinha de autor desconhecido:

Um casal tomava café no dia de suas bodas de ouro. A mulher passou manteiga na casca do pão e o entregou para o marido, ficando com o miolo. Ela pensou: “Sempre quis comer a melhor parte do pão, mas amo demais meu marido e por cinqüenta anos, sempre lhe dei o miolo. Mas hoje quis satisfazer meu desejo. Acho justo que eu coma o miolo pelo menos uma vez na vida.” Para sua imediata surpresa, o rosto do marido abriu-se num sorriso sem fim e ele lhe disse: “- Muito obrigado por este presente, meu amor. Durante cinqüenta anos, sempre desejei comer a casca do pão, mas como você sempre gostou tanto dela, jamais ousei pedir!”


Ficou passada?? Eu fiquei! Parei pra pensar nas muitas vezes, que por amor ou excesso de zelo, ou ainda querendo adivinhar o que o outro gostaria, me antecipo fazendo e acontecendo, convicta de que estou agradando, na certeza de que fiz o que deveria ter sido feito para felicidade geral da minha nação. E o pior, é assim com o marido e com os filhos. Quantas vezes será que “comi a parte do pão que o outro desejava” fazendo um “sacrifício com amor e por amor sacrifiquei”? Não sou uma pessoa de me lamentar, mas confesso que algumas vezes senti aquela sensação de fazer tudo pra agradar e ainda assim, ver todo mundo de cara feia. Será que não foi numa dessas vezes que eu deveria ter perguntado antes de ter feito??


Sempre me orgulhei de sermos mãe e pai abertos a tudo. Aqui em casa se fala sobre tudo, sempre com verdade, mas mesmo assim, concluí que ainda preciso ouvir mais e também falar mais. Detesto “discutir a relação” embora o faça constantemente com marido e filhos, mas de maneira light. A comunicação é, sem dúvidas, a maior e melhor forma de amar, de ensinar, de construir e de ser feliz. Mães, principalmente, têm a certeza de que sabem tudo o que é melhor para seus filhos, e na maioria das vezes, sabe mesmo, mas ouvi-los e respeitá-los é um exercício diário que deve ser praticado com amor e perseverança. Não é nada fácil, mas quem falou que seria???

Beijos,

Cris João.

6 comentários:

Roberta M. disse...

Cris amiga querida, já estava prestes a lhe mandar sinais de fumaça para ver se você aparecia!! Que sumida!! Mas sobre o post, essa semana fiz 13 anos de casada, não sei se vc viu o post, mas uma das coisas que disse, foi que nesses anos todos, entre todos os altos e baixos, sempre conversamos exaustivamente, sobre tudo e até sobre o nada....não é bem discutir relação, é mais uma atualização da relação....mas já tive meus momentos de quietude, claro....beijos e que bom ler vc de novo!! beijocas

Rita Vieira disse...

Amiga-querida-xará-de-aniversário!!! que saudade! vc sumiu!!! e eu tava no corre-corre e não deu nem pra te perguntar: cadê você?!

Lindo texto, amiga, aliás, como sempre!!!

Mas sentí um tom mais que reflexivo nesse post...tomara que seja só impressão...mas, qualquer coisa: ritavieiracoelho@yahoo.com.br , nesse email vc encontra ouvidos atentos...beijooooca!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Lindo post..eu gosto muito dessa conhecida "ilustração" desse casal...vivendo e aprendendo,não é?
eu adoro, pq adoro falar,falo pelos cotovelos,pelos braços,pelos pés..rsrs..então guardar meus sentimentos não é pra mim mesmooo..mas as vezes é preciso mais ouvir do que falar...
bjs e boa quinta1 ;-)

cris*borrego disse...

Olá Cris e Recomadres,

Coisa mais linda seu texto, cabe perfeitamente para as relações em geral, se formos mais tolerantes, se tivermos um pouco de amor em tudo o que fazemos...e por aí vai.

Eu também estava com saudades de você!

Grande beijo e um abraço do tamanho da distância que nos separa.

Cris*

Dedinhos Lambuzados ! disse...

Oi, meninas ! Adorei as últimas postagens( ando tão enrolada ...) Meu avô querido também se chamava Décio- Luiz Décio...e amava futebol ( Mego roxo e doente !!!) A historinha do miolo e da casca foi demais ...é um convite a pensar e repensar...Estamos com um novo cantinho o Eco Armazém dos Dedinhos Lambuzados - um espaço para que pessoas especiais, geniais-mas que não podem sair para trabalhar - estão colocando as mãos na massa e fazendo um montão de coisinha "eco-verdes" pra crianças e festas ( confesso que dou umas idéias...). Deixo o endereço pra vcs visitarem e se gostarem e quiserem ajudar a divulgar... http://eco-armazem.blogspot.com Mas não se esqueçam de ler o 1º post -lá conto a história da idéia. Bjs carinhosos, Mammy

Cristina João disse...

Olá queridas amigas,
Obrigada pelo carinho sempre!!!

Ro, adorei é esse o termo que me faltou "atualização da relação". Beijos.

Rita, o texto é reflexivo mesmo, mas sem outras intenções, apenas refletir. Beijos.

Mãe Mochileira..., também falo até pelas orelhas, mas algumas vezes talvez devesse ouvir mais. Obrigada pelo carinho de sempre!Beijos.

Cris*, concordo, concordo e concordo!!Beijos.

Mammy, adoro suas visitas sempre!Beijos.

À todas um beijão com muito carinho,
Cris João.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails