Páginas

abril 27, 2010

Febre colante

Pra começar ilustrando o post de hoje, imagina minha casa com 3 homens (meninos e marido).
Mais o Lilo que é afilhado, e entra na maioria das contagens aqui de casa.
Ou seja, são 4!
É um pra cada um.

Não tá entendendo?
Eu explico desde láááá atrás... Com papai.
O meu papai, o vovô Décio dos meninos.
Meu pai foi jogador de futebol. Profissional.
Então imagina minha vida como foi: voltada ao futebol full time, all the time.
Cresci ouvindo gol, falta, FDP de juiz e cositas mais.
Cresci curtindo colecionar. Colecionar títulos, medalhas, troféus, camisas de time e o mais legal (pra mim que sou menina) figurinha.
Na época, existia o álbums do Campeonato Brasileiro e adivinha qual era a figurinha mais difícil: a do meu pai, claro!
Era uma correria! A família toda colecionava. Minha mãe fazia o nosso (era um pra nós quatro e no final ela guardava no acervo dele), mas aí meus tios, primos, amigos dos meus pais também colecionavam... Era uma febre!
Uma febre colante.
Como era gostoso!

O tempo passou, as crianças cresceram. Não vejo mais álbum do campeonato brasileiro.
Mas nem por isso ficou chato.
Hoje eu tenho crianças!
E é ano de Copa, logo ainda há uma chance de colecionar figurinhas. Com o ábum da Copa!

E assim fizemos, mas a facilidade das coisas mudou um pouco o cenário.
Antes a gente juntava moedinha pra comprar um ou dois pacotinhos... Hoje em dia... Leia essa história:

Chegamos da escola, o pequeno foi dormir e o mais velho veio conversar comigo (imagina um cachorro de rua, com fome, sujo, fedido, com os olhos, bochechas e orelhas caídos - o Pedro estava assim):  - "Mãe, meus amigos vieram me falar que parece que eu comprei o ábum ontem..."
- "Ué, e daí?!" (ai gente, eu sou assim, uma aquariana master avoada)
- "Aaaah! Eles querem o quê? Eles compraram logo que lançou, eu não. O deles tá quase completo, o meu só tem 50!"
Geeeente, pra quem não sabe o álbum tem quase 400 figurinhas!!!
E aqui, funciona, ou melhor funcionava assim: Arrumou o quarto - um envelope. Guardou os brinquedos - mais um. Tomou banho e deixou o banheiro em ordem, opa! Mais um...
Quando o pai ficou sabendo dessa história, pela boca do próprio vira-lata, ops!! Do próprio filho, trouxe à noite do trabalho, 68 pacotinhos! Todos os pacotinhos da banca! Realiza a cena: "Moço, quantos pacotinhos você tem aí? Quero todos!"
Povo, são 5 figurinha por pacote, um total de 340!

Resumindo: o cara não conseguiu dormir de tanta alegria! Principalmente porque veio o Cristiano Ronaldo e o Robinho!
O pai se sentiu o maior pai do mundo!
Eu? Adorei porque veio a figurinha do Beckham! Ui! Brincadeira! Fiquei na dúvida! Fiz um bem momentâneo, mas o que ele vai aprender com isso? Qual a lição que nós, pais, deixamos?

Deve ser por isso que eu tô com uma dor de cabeça terrível! De tanto abrir pacotinho e pensar no que eu passei pro meu filho...
Até essa dor passar, vou pensar na felicidade que eu vi nos olhinhos e principalmente na massagem que esse bolinho de figurinha fez no coraçãozinho dele.

É isso.
Se identificou? Quer trocar figurinhas? Manda um e-mail!
rs
Afinal são 4 ábuns! Quatro não, 6.
3 na minha casa, 1 na Andrew's e 2 na Cris!

Um beijo e até.
Por Janaína

Fotos: Beckham, Termômetro, Figurinha, Álbum

11 comentários:

Luciana Casado disse...

hahahaha eu tenho uma criança grande descontrolada que não vai sossegar até completar o álbum!!! Faltam 157 contagem de ontem a noite, ele comprou o álbum a umas 2 ou 3 semanas huahuahauhaua
Bjus, Lu

Sam disse...

Rsrsrs..engraçado, mas pais são assim né.
Não se preocupe, só explique para ele e não deixa ele pensar que tudo é fácil na vida, sem esforço e sem valor.
Mas que sim com ajuda, humildade, amor...e dps o esforço dele p/ continuar mantendo em ordem,...

bjinhus

Roberta M. disse...

Menina, aqui em casa é um tal do gogo´s, agora, futgogo´s (olha, nem sei se é assim que escreve rsss), fez a tarefa a semana toda direitinho? Ganha um, afinal, custa R$ 2,00 um pacotinho!! Antes era mais baratinho!! Eu adorava fazer album, era tão gostoso, mas o que curtia mesmo, eram as bonecas de papel, ai, que saudades!!Beijos

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

aiaiai..essse pos me deixou com gostinho da minha infancia..eu amava albuns de figurinha..colecionava o que viesse...jogos,garfield,barbie, figurinha de chocolate(aquele dos bichos,lembra??haha) amava ,gastava toda mesada em pacotes de figurinha..ai que saudade gostosa..o meu filho ainda não chegou nessa fase..ele ama figurinhas ,é verdade..mas cola todas em seus brinquedos,nas paredes( que óoodio,rsrsrs)..ainda não pegou o barato que é fechar um album..mas aposto que já já,chega lá!! rsrs..Bjs! ;-)

Ana Paula disse...

Jana,
quer saber o que eu acho?? As coisas hoje em dia estão fáceis demais. Sorry, mas discordo da postura do seu marido.
E concordo com a sua.
Isto sem falar que penso que seu marido tirou sua autoridade.
De repente, ficou fácil.
Acho que educação é como você estava fazendo.
E mais, é preciso que os pequenos entendam que se os coleguinhas conseguem de forma diferente, em casa as regras são outras.
É desta forma que penso em educar minha princesa.
Vejo meu sobrinho ganhando brinquedo fora de época, sem critério algum, e desaprovo totalmente.
Eu ficaria com dor de cabeça pela atitude desregrada do seu marido.
Beijos
Ana Paula

Ana Paula disse...

Jana,
estava relendo meu comentário. Sorry se fui sincera demais e me meti na vida da sua família.
Preciso controlar um pouco as opiniões que torno públicas em blogs alheios.
Beijos
Ana

Simone disse...

Acho que de vez em quando não faz mal fazer umas gracinhas assim, Jana. Ainda mais se for pra ver essa alegria nos olhinhos das crianças. Acho que seria ruim se fosse sempre assim, mas se temos a consciência de que foi uma exceção (e acredito que tenha sido o caso), relaxa. Pensa mesmo na alegria dele e na de vocês na hora do presentão e daqui pra frente, vida normal. :)

Bjs!!!

Cristina João disse...

Oi amiga-comadre,
Figurinhas são mesmo um capitulo à parte. Aqui em casa, adoramos, colecionamos e estamos abertos as trocas.
Concordo com a Simone, nossa querida amiga, do blog Flor de Sofia, que tem um jeitão bem RECOMADRE de ser, de vez em quando não tem problema transgredir algumas regrinhas, é claro que tudo deveria ser na mdedida exata, no tal do meio termo e se possível, tudo politicamente correto, mas a vida seria muito chata. Quem é que nunca se descontrolou, comeu um chocolate a mais ou quebrou qualquer outra regra??? No final, o que vale é a alegria, e eu imagino a cara do Pedroca! Vocês são pais tão regrados e até invejáveis no quisito linha dura, que PODE SIM praticar um mimo extra, tem todo o meu apoio!
Beijocas,
Cris João.

Janaína (Abacate) disse...

Mulherada, obrigada! A opinião de vocês acalmou meu coração... rs
Agora sem exageros, a decisão de comprar o estoque do jornaleiro, foi NOSSA, minha e do meu marido. Só não tive total certeza, até o momento de ler opinões alheia... Coisa de Janaína!

Lú, vamos trocar! O Alê é o mais empolgado mesmo!

Sam, foi o que fizemos mesmo! Conversamos e ele super entendeu...

Roberta, nem me fale nesse Gogo! Ainda bemque vieram as figurinhas... Bem mais baratas... rsrs

Mãe Mochileira, e eu que adorava ver as figurinhas que meu pai dava pra minha mãe do Amar É! Voltou há uns4 anos, pergunta se não colecionei. kkkkkkkk

Ana Paula, a vida não pode ser tão dura! Obrigada por sua opinião.

Simone, ler seu comentário foi o ponto final da minha certeza de ter acertado hoje. Muito obrigada por tão doces palavras.

Cris minha querida fofa espelho de mãe e Recomadre, me convenci que extravagância de vez enquando engorda e faz crescer!

Enfim, obrigada pelo carinho de cada comentário!

Beijos
Jana (alguém tem a figurinha do Adriano?)

Registros de nossas vidas disse...

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2010/04/30/top-5---as-figurinhas-mais-curiosas-dos-albuns-de-copa-do-mundo.jhtm


Só para ilustrar!

Raquel Gomes disse...

Ai, Graças ao meu bom Deus meu "filho grande" não liga para essas coisas... assim... não liga em termos...
Acho que cresceu de vez e desistiu dessa dispesa sem retorno. Mas meu sogro e meu cunhado, que não têm contas pra pagar (pelo menos não que ultrapassem o orçamento - pós-graduação dos infernos), estão viciados e brigando na banca com a pirralhada pelas figurinhas!
Aff...
Graças a todos os deuses!
rs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails