Páginas

janeiro 09, 2011

Bolinho de chuva


Não, não é nenhuma receita de guloseima (se bem que posso até colocar no final) trata-se de mais um “causo” antiiigo que lembrei e resolvi compartilhar.  

Estávamos na casa da minha mãe: eu, minha Irmã e sobrinhos ....estes que agora são aborrescentes, op’s adolescentes tinham apenas 4 anos, sei lá, por aí, eram fofos, não que agora não sejam, mas faziam aquelas gracinhas que todas as crianças entre 1 e 6 anos, costumam fazer. Perguntinhas inesperadas, risinhos, tentar falar igual gente grande e todas as fofurices que caibam (mãe, tia, avó ...é tudo babona e a gente acha tudo uma graça)...

Bem, eis que na casa de mamis tudo acaba, não só em pizza, mas em todo tipo de guloseimas possíveis, motivos pra comer não faltam (mesmo porque a fofis da mãe não para um segundo de oferecer comida). Não sei de quem foi a idéia, talvez minha porque adooooro desde criança de fazer bolinhos. Que me desculpem os adeptos a comidas totalmente saudáveis, eu também sou um pouco, prefiro e incentivo meu filho a comer todo tipo de comida saudável, ele prefere suco a refrigerante e assim vai, mas se tem uma coisa que eu acho que criança não pode deixar de experimentar é Brigadeiro direto da panela e Bolinho de chuva (huuuummmm bem no estilo “mais você” ).... e então fomos toooodos para cozinha ....aquela bagunça deliciosa que se faz.....vamos combinar que eu era só tia e tinha beeem mais paciência do que hoje, rs.

Minha mãe misturando os ingredientes na tigela e comentando um a um, nós do lado dando aquele “apoio” e de olhão pra ver e comer quando ficasse pronto....eis que surge Matheus (já com sua inteligência e curiosidade tinindo) pergunta: “Vó e a chuva, você não vai colocar?”  Ah gente, piramos e morremos de rir e a criança lá não entendendo nada.....a VÓ lógico deu maior apoio: “vamos, vamos pegar umas gotinhas e colocar aqui....” Eita vó gostosa essa minha mãe.....

O que gostaria mesmo de dizer, é que seria muito bom se nunca perdêssemos essa inocência da infância, essa coisa de quem não tem vergonha de perguntar, de quem quer saber tudo, de ser feliz com aquilo que temos, com os momentos que temos....enfim, por hoje é isso!
Ah! a receita? duvido que voce não saiba...não? bem, tenho que confirmar com minha mãe, faz tempo que não faço, mas é muuuito fácil, asiim como ser feliz!!!!!

Um grande beijo

Andrea João 

10 comentários:

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

è por isso que anoto todas essas fofurices do Enzo..p pra sempre me lembrar delas! ;-)
E me deixaste com desejos de bolinho de chuva aqui,rsrsrs..
Beijos,otimo domingo!!

Nanda disse...

deu vontadeeeee!!!
bj

Minamoo disse...

Criança é sempre muito verdadeira e cheia de curiosidades, mas o melhor de tudo é que são puros.
Bolinho de chuva é tudo de bom, principalmente nos dias de chuva, hum que delícia!
Beijinhos

Andreia Lica disse...

A inocência de criança é tão gostosa...podiamos continuar assim a vida toda, mas pq temos que crescer e esquecer? É a vida...quanto a recieta, eu não sei de cor só sei fazer de olho...

Bjão

Sonia de Sá disse...

LINDO POST. LINDA HISTÓRIA.
ADOREI.CRIANÇA TEM CADA UMA!
COMO É IMPORTANTE CURTIR UM
MOMENTO COMO ESTE.A CRIANÇA
ROUBA A CENA COM UMA PERGUNTA INOCENTE E ESTE MOMENTO FICA REGISTRADO PARA SEMPRE.
bjs
SONIA DE SÁ do BLOG:
quartosdebebebysoniadesa.blogspot.
com

RECOMADRES disse...

Oi Irmã.
Que delícia de história tal como seus bolinhos de chuva...voltei exatamente naquele dia e me emocionei...com a história, com a inocência que ficou pra trás, com a delicadeza de nossa Mãe, e principalmente com o amor que você sempre teve com meus filhos...você sempre foi a melhor tia do mundo e agora se tornou uma mãe ainda melhor e ainda por cima sabe fazer brigadeiro de panela e bolinhos de chuva...
Te Amo!!
Beijos,
Cris João.

Roberta M. disse...

kkk, ai que delicia!!! Eu simplesmente amo essa inocencia, as vezes me acho boba de incentivar o filho ainda ser tão criança, mas prefiro que seja assim, crescer tira toda a mágica né?? beijocass

Carol Garcia disse...

e a gente é que vive sem nexo, né?
lógico que tem todo e total sentido ir chuva no "bolinho DE chuva"...
hahahahahaha
fofo fofo fofo
bjocas

Chris Ferreira disse...

Oi ANdrea,
essa inocência é boa demais. Eu adoro incentivar e entrar na fantasia. Aqui em casa digo que temos que pegar água da chuva para colocar nos bolinhos. Claro que a Ana Luiza não cai mais nessa, né? O probema é que só podemos fazer os bolinhos nos dias de chuva.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Micheli disse...

Que delícia que é ser criança, não? Tenho certeza que vou sentir muito quando essa inocência da minha pequena passar.
Adorei a história... hummm, e fiquei com vontade de comer os bolinhos!
Beijos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails