Páginas

junho 01, 2010

Amarra seus bodes! E as cabritas também!!!

Agora é assim!
É lei!

Cadeirinha para crianças de até 7 anos.

Gente, mas isso é novidade?
Pô! Tá na cara que é pra usar!
Os caras não páram! O carro em movimento. A mãe no volante.
Quem segura?
A cadeirinha. Dãããh!

Mas agora é lei!
Existem cadeirinhas de tudo quanto é cor e tamanho!
Você com certeza encontrará a sua!

Assisti uma reportagem que mostrou que nos Estates (USA), o bebê só sai da maternidade com a cadeirinha devidamente instalada!
Aaaaaííííííí sim, hein?!

Fora aqueles teste de acidente com bonecos! Eu acho terrível, mesmo sabendo que são testes!
Imagina um pequerrucho... Deus que me livre!

Agora o mais importante: as cadeirinhas devem ter o selo do Inmetro! Porque é a sua segurança que foram testadas e aprovadas!

Tem umas que podem ser adaptadas em aviões! A cara da riqueza!

Seus pequenos fazem 7 anos e quando tirar a cadeira?
Quando atingirem 1,45m e quando o cinto de três pontos ficarem no ombro e quadril, simultâneamente!
Se ao colocarem o cinto do carro, ele passar pela barriguinha ou no pescoço, esqueça! Ainda tem tamanho de pequerrucho na cadeirinha. Mas mostre que o tempo passa rápido e que logo logo ele poderá ir na frente, como gente grande!

Aaaah! Eu tenho dois filhos, como toooodo mundo sabe. curti muito a fase do colinho! E morro de saudade!
Mas no carro, não!
Se não tiver como e for uma emergência, que seja a única vez! Mas nas próximas, vá ao lado, mas não leve seu bebezinho no colo. O risco é duplo. Além de você não ter como se segurar por completo, ainda deixa seu pequeno vulnerável.
Passar seu cinto nele? Jamais! Não prende nehum, ainda pode esmagá-lo.

Cadeirinha, sempre!!!


É isso.
Um beijo e até!

6 comentários:

Luciana Casado disse...

Eu acho isso certíssimo, na minha época não tinha mas tb o trânsito era outro né?!
Se bem que o cinto que três pontas passa no meu pescoço huahauhau ohhh coisa séria ser pequena :P vou ter que andar com cadeirinha hahahaha
Bjus, Lu

Poesia do Bem disse...

Concordo com tudo.Bjsssss e vem me visitar! saudades,acabei de postar

TATA... disse...

Pois é amiga...concordo com vc...
como a cadeirinha da minha princesinha já estava pequena (tadinha ela não conseguia esticar as perninhas...) comprei o buster, mas tive que comprar tb um adaptador de cinto pra não enforcar ela, e pro meu mocinho tb pq mesmo com 1,52 o cinto pega no pescoço dele...
eu acho q a altura da criança, varia de carro pra carro...

bjs

Raquel Gomes disse...

Aqui em casa já rolou um papo de cadeirinha, carrinhos e afins...
Sou completamente a favor do bebê conforto, cadeirinhas e tudo o mais...
Mas mooooooorro de medo de não ficar de olho no pequeno... e dirigir e cuidar do nenê no banco de trás não dá!!! Tem que, pra todo lado, levar alguém junto, né?
E carrinho, pra mim, tem que ser daquele modelo "olho-no-olho", com o bebê de frente pros pais. Alguém falou pra mim: isso é egoísmo! Assim as pessoas não vêem seu filho, seu filho não vê o mundo.
O mundo ele vê mais tarde, quando puder se virar sozinho, ou quando estiver andando de mãos dadas comigo. E quem quiser ver meu bebê, pede licença que eu mostro. Caso contrário, vai seguir olhando pra mim e só eu olhando pra ele.
rs
Beijinhos, Jana!

ALICE CAMARA disse...

oi cris, essa sua postagem eu adorei... Muito boa mesmo...
estava sumida pq meu pc tava quebrado, mas estou de volta... Olha lá no esposamulhervirtuosa.blogspot.com tem um selinho p vc...
bjs é bom estar de volta kkkk

Elika Lopez Vecchietti disse...

Oi! Amei o blog, tô seguindo. Eu já comprei a cadeira do meu filhote. ACHO CERTINHO.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails