Páginas

junho 10, 2010

Uma Recomadre no Happy Hour do GNT

Participei como telespectadora, mas como uma Recomadre que sou... Começo assim: Eu e Pepê participamos de um papo cabeça na GNT. Um papo com nada mais nada menos que Astrid Fontenelle e Fred Lessa. Papo no Happy Hour! Aquele programa de segunda à sexta, que passa às 19 horas e reprisa às 2 e 13h, sabe? Aaaah tá!
Sobre o quê? Depressão e eu falei sobre depressão pós parto! Foi bem rapidinho mas esclarecedor pra caramba!
Aí..., como nosso espaço é sobre pais e filhos, vou relatar aqui meu episódio de 2008!


O João nasceu na mesma época que eu mudei de cidade, casei, minha melhor amiga também mudou de cidade...
Fui da água pro vinho em pouquíssimo tempo.
Mas a ciência explica que tem mais nessa história, tem os hormônios.
Aqueles que destroem a gente, mulheres lindas, de formas diferentes em todas as épocas da nossa vidinha!


Pois bem, só chorei e só queria minha mãe e meu marido! Mais ninguém! Queria colo!
Meu marido não conseguiu férias e minha mãe não podia ficar em casa!
Crises de choro sem fim!
Minha sogra até que tentou, mas eram eles que eu queria!


Com o João? Nada, apenas muito amor e carinho como todas mães!
Ainda bem, mas é super normal, mulheres com depressão pós-parto rejeitar seu bebê!


Ufa! Comigo foi beeeeeem mais leve!


Então... Continuando!
O que fazer?


1º passo: Aceitua sua situação! É normal, por isso você aceitando fica fácil o próximo passo!
2º passo: Peça ajuda! De preferência pro seu médico, mas já pedir ajuda pra amigo já é uma ajuda e tanto!
3º passo: Siga o tratamento! Seja ele de remédios, terapia ou chazinho!


Curta seu bebê, seu momento, sua vida!
Se você acha que deve ficar em casa de pijama, fique! Mas só por um tempinho... Agora... Levanta , sacode a poeira e dá a volta por cima.
Uma bela de uma escova no cabelo, rímel e a um batom, faz milagre!
Você se gostando, vai criar um vício! Você vai se reapaixonar, que vai se gostar, que vai se reapaixonar... Aí, quem está a sua volta, vai entrando na dança... Bobinho? Não! Real!



Tenha seu momento. Lute por ele! Pra ir no banheiro, quando der vontade e não quando alguém ficar com o bebê! Pra fazer as unhas! Pra assistir tv com as pernas pra cima!
O bebê precisa de você, sim ! E você não pode abandoná-lo, mas deve cuidar de si!
Sexo!
Passado o período seco (quarentena), meta bala! Transe! Namore! Curta seu companheiro!
Vocês precisam de um momento só dos dois! Deixe o bebê dormir! Ele não precisa que vocês fiquem do lado, velando o soninho! Aproveite essas 3 horinhas e namore de novo!
Caminhar é muito bom! Um exercício faz milagres!

Como me curei?
Meu ginecologista começou com complexo de vitamina B (NÃO SE ESQUEÇA QUE CADA CASO É UM. MÉDICO TINHA EM MÃOS TODOS EXAMES QUE EU FIZ. PORTANTO PROCURE O SEU MÉDICO).
Aceitei que precisava de ajuda e usei e abusei da minha irmã, da recomadre Andrew's e meu marido que foi e é TUDO! Mas vamos mudar de assunto, porque eu não sou doida de fazer propaganda do meu bofe!


O tempo é o senhor da razão e acreditando nisso também, os dias passaram e a depressão também!
Hoje estou aqui, sã, salva e mais boba que nunca! Boba pelos filhos, pelo marido, pela vida!


Você tem, ou conhece alguém com depressão pós-parto?! Vai passar! Acredite!
Apenas não esqueça de seguir os 3 passinhos!

Apenas para ilustrar, algumas famosas passaram por isso e tirarm proveito. uma delas é Brooke Shields que sofreu horrores com a depressão e saindo escreveu este livro.
Além dela, a Coutney Cox (Monica-Friends), Luiza Tomé, e mais uma porrada de mulhers famosas e anônimas. Por isso reafirmo, é normal. Normal não. NATURAL!

Aaaah! E se precisar o Recomadres também tá aqui! Pra te ouvir, responder e ajudar!
Óh!

RECADO ESPECIAL AOS MARIDOS E AFINS: carinho, muito carinho! É isso que vai encurtar a crise além de fazer um bem danado aos dois (mãe e bebê)!! Então, abuse do afago! Do beijo, do abraço. Do mimo!!

E é isso!
Um beijo e até.

Por Janaína

11 comentários:

Ana Medeiros disse...

Eu vi a minha amiga famooooooosa!
Infelizmente é muito comum mesmo esse tipo de problema mas o melhor é que passa...e a gente ama mais do que tudo esses bruguelos.

Raquel Gomes disse...

Ai, amiga... muito medo desse momento!
Mas sei que é superável!
Só tenho medo de rejeitar o baby... mas, como quero esse banguela-careca-cheio-de-dobras (velho não!) mais que tudo no universo infinito, acho improvável a rejeição.
Mas medo... muito medo de deixar cair, de assar o pobre, e deixar passar frio, afogar no banho... aff! Banho no chuveiro sempre! rs
Mas passa! Eu sei que passa! Beijocas!

Amanda Luna disse...

oiii que chique você no haapy hour!!! Parabéns!!!
amei este post, muitas mulheres passam por isso, a maioria das mulheres se recuperam e voltam ao normal, mas algumas não... conheço alguns casos ( sou enfermeira e já estagiei na psquiqtria) e, bem complicado essa "chuva de hormonios" no periodo pós gravidez...

beijão

sermulhereomaximo.blogspot.com

Luciana Casado disse...

Jana!! Tu tá famosa, menina!!! Parabéns!!!
Agora sobre o post, deve ter sido um momento bem difícil, ainda bem que tu não rejeitou o Pepê. E ainda bem que tu saiu dessa rapidinho e ainda curtiu mto!
Bjus, Lu

Poesia do Bem disse...

Parabéns pelo programa e parabéns pela cura, depressão é muito ruim mesmo.

c r i s disse...

Aheee Jana, arrasou!! Em todos os sentidos, na tv e na vida...parabéns!! Bjinho!

Anônimo disse...

Jana, que chiquerrimo!
Adorei a escrita, adorei saber que voce foi a TV... Tudo demais!!!! PARABENS e muitos parabens!!!!!!!
Beijao da Carol!!!!

Bel disse...

Que assunto interessante porque agora que ele começa a ser discutido. Acho que as mulheres tinham medo de confessar seus medos e a depressão pós parto. Acredito que isso não te faz menos mãe porque não tem a ver com isso.

Monica Loureiro disse...

Nossa, eu sei muito bem o que é isso...
Pena que na "minha época" há quatorze anos atrás , ficou parecendo "frescura"...

Ana Cristina disse...

Parabéns meninas!! Tem selinho pra vocês no meu blog.
Beijos
Ana

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Acho suuuper importante esse seu post,pq é um assunto q ainda é pouco falado,pois noto q as maes tem vergonha disso! eu digo: EU TIVE DEPRESSAO POS PARTO!!! e foi horrivel, muito,muito chato..como vc,graças a deus,eu n tive rejeição ao meu filho,pelo contrario..me agarrei a ele como a unica pessoa do mundo que me amava, e que eu amava..ele era td p mim..tinha raiva de td, da vida, do meu marido, dos amigos, me sentia abandonada por todos, foi um inferno..que graças a deus tem fim..na epoca n sabia,n entendia o que estava acontecendo..e n me mediquei nem nada..com o tempo,e depois de um longo tempo as coisas foram voltando ao normal..eu chorava o dia todo,todos os dias...
que seu post sirva d ealerta p as maes,que saibam q e normal e que passa..e se tiver ajuda medica,melhor ainda!!!!
MUITO,MUITO BOM O POST DE HOJE...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails