Páginas

agosto 12, 2011

Crime organizado

Não sei o que pensar, me ajudem!

Elas deveriam ter de 5 a 6 anos, no máximo.
Eu estava, dentro do carro, esperando o PP chegar (tudo isso, na "rodoviária" da escola - escola de classe média alta, qu efique bem claro!) ao lado das 3 meninas que esperavam os pais.

A conversa era uma delícia! Elas estavam planejando como fariam pra morarem juntas.
Uma seria a responsável pela cozinha, a outra iria cuidar da limpeza e queriam saber o que fazer com as contas que chegariam no correio.

Achei o máximo, porque sendo mãe, madrinha de meninos, esse universo feminino é quase uma incógnita, se eu não fosse menina...

E os detalhes eram cada vez maiores. Como iriam pra escola, como lavariam e passariam as roupas... Até que perceberam que havia uma enxerida ouvindo tudo.

Duas saíram correndo e a loirinha (cara de rica, sabe?!), veio conversar comigo. Uma fofa:

 - Sabe o que a gente tá conversando? É que se nossos pais forem presos (OI?) nós vamos ter que morar juntas. E cada uma vai ter que fazer alguma coisa, até a gente encontrar outro pai e outra mãe pra nós 3.
POrque vamos matar um menino muito mau. Uma vai trazer uma faca e vamos matar o menino mau. Aí os pais vão preso, não é assim? Se a gente matar, o pai e a mãe vão pra cadeia. Então precisamos saber o que vamos fazer depois quando prenderem nossos pais.

Gente, não parei de respirar, porque isso é inerente ao ser humano.

Até agora, tô abismada, assustada, decepcionada, sei lá.

É um colégio tradicionalíssimo de Saint Bernaud du Champs. Não é religioso, mas é uma escola para seres humanos. Vocês me entendem?

Como essas crianças vão crescer?
O que elas farão com o mundo dos meus filhos? Dos meus netos??

Sinceramente, tô naqueles momentos que a gente quer jogar a toalha e falar "foteu".
Não sei o que fazer, como fazer, pra quem fazer.

Será que é o sensacionalismo que dão aos casos da tv? Serão as novelas, as conversas de adulto? O que fez com que meninas tão lindas, tão novinhas palnejassem (mesmo que ludicamente) um crime tão bárbaro? E de forma tão caprichosa?

Só quero que meus filhos entendam que antes de uqalquer coisa, seja bom ou ruim, existe a vida. Existe alguém/uma força maior que a gente, que é o único a ter o poder de dar vida e principalmente que devemos respeitar esse poder.
Quero que os meninos entendam que independente do carro, da cor da blusa, do brinquedo ou do caráter, somos seres humanos e se SOMOS, é porque somos iguais. Se não seria ele é, eu sou...


Fim
Por Janaína


Imagens Google

12 comentários:

Raquel Gomes disse...

Amiga, que barra! Chegou a falar com a direção da escola? Acho que eu falaria.
Medo, muito medo. Medo de elas fazerem isso mesmo. Medo de elas estarem planejando fazer pros pais serem presos... sei lá. Muito medo desse mundo!

A mãe dos Gêmeos disse...

Nossa, que assustador isso, acho que vc devia falar na escola, pq ela podem realmente fazer isso!
Bjos
Ana
www.amaedosgmeos.blogspot.com

Cynthia Le Bourlegat disse...

To chocada!!! Acho que os pais dessas meninas deveriam ficar sabando dessa conversa, eu gostaria de saber, porque né? só pode piorar isso, choquei! beijo

Minha Filha Minha Vida disse...

Meu Deus qui absurdo .... estou ja a alguns minutos tentando entender se eu li tudo isso mesmo (imagina vc que ouviu tudo isso) ....

amei o cantinho e voltarei assim que der

beijos

Andreia Lica disse...

Jana,

Infelizmente é a falta de valores que fazem crianças pensarem dessa forma. Mas acho que seria legal você conversar com a coordenadora da escola...e ela poderia orientar os pais e alunos...uma amiga minha trabalhava como coordenadora na escola...se vc precisar e tiver dúvidas me fale.

Bjos

Driks disse...

Amiga, agora q a maternidade bateu à minha porta, achei esse assunto super-hiper-mega dramático...
Primeiro, penso q as autoridades devem ser avisadas, psico-pedagogos contratadas e marcação cerrada em cima dessas meninas... já pensou Se o tal do "menino mau" é o PP, só pq não quis emprestar o lápis de cor azul piscina na aula de Artes?
Depois, fico aqui imaginando "seee" o meu Leonardo cai de gaiato numa conversa dessas (claro q prefiro acreditar q ele vai crescer bem educadíssimo e cheio de boas intenções, maaasss... seee...)Pelamor! Eu mando ele estudar em um colégio interno de padres na Suiça! Só pra não ter q conviver com essas barbaridades q nos cercam e q dão idéias malucas a pequenos em fase de formação...
Mas peraí! Colégio de padres?? Com essa onde de pedofilia escancarada??
Ai ai ai...
"Abençoa Senhor as famílias, Amém! Abençoa Senhor, a minha também!"

Fábio Mayer disse...

A criança é assim porque os pais são assim.

Pais materialistas demais e e individualistas demais, intolerantes com os erros e defeitos de terceiros, inclusive da criança, acabam gerando monstrinhos materialistas, individualistas e intolerantes.

Logo, tem certa lógica elas dizerem que "quando os pais forem presos"...

Natércia Tiba disse...

É um diálogo realmente chocante. A realidade que vivemos hoje faz com que os crimes se tornem algo corriqueiro, perdendo a verdadeira dimensão do humano, do outro. A criança nessa idade ainda mistura fantasia e realidade, essas meninas usaram dados tristes de realidade (que infelizmente tiveram contato de alguma forma) e colocam como se tudo e qualquer coisa fosse possível, sem crítica e censura. Neste momento é fundamental que algum adulto dê a elas a noção de realidade e do absurdo do que dizem. Em uma geração que tem acesso a tudo, tão fácil, em que pessoas são descartáveis, me entristece mto mas não admira que tenham diálogos assim. Algo tem dado a elas a idéia de que teriam esse poder e isso é mto triste pq esse tipo de "planejamento malígno" perverte a infância. Ao invés de criar estratégias para "fugir da cadeia no polícia e ladrão" pensam em coisas horríveis que espelham a realidade em que vivemos. Não acredito que realmente façam, mas não podemos deixar de olhar para elas como porta-vozes de uma doença social. Gosto demais do universo infantil e quando o vejo roubado e deturpado assim, me aflijo. Este diálogo deveria ser usado para mobilizar aqueles que poderiam fazer algo e nada fazem. Espero ter ajudado de alguma forma a acalmar os corações de vcs e meu tb, que sou mãe. Um beijo!

Anne disse...

Fiquei chocada tb!

Ana Cristina disse...

Jana!! Fiquei mal com esta história...
Na minha opinião vc deveria passar a bola para a direção da escola, eles saberão como agir.

E acalme-se, se puder...

Beijocas

Ana Cristina

Adriana H. Tavares disse...

PASSANDO PARA DESEJAR UMA SEMANA CHEIA DE PAZ E LUZ E PARA CONVIDAR VOCÊ A PARTICIPAR DA TROQUINHA QUE ESTAMOS REALIZANDO LÁ NO MEU CANTINHO: http://crocofone.blogspot.com/ , ESPERO VOCÊ E SUAS AMIGAS PARA ESSE GRANDE CIRCULO DE AMIZADES...

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Olá Meninas...eu mandei um email...vocês receberam?

Estou fazendo novo sorteio e gostaria de falar com vocês!!!



Espero você lá!!!

www.tatidesignercake.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Tem mais disso

Related Posts with Thumbnails